Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Duas Amigas, Um Blog

Duas amigas de longa data e algumas das histórias que têm para contar. No fundo duas raparigas com uma grande capacidade para dizer parvoíces..

Duas Amigas, Um Blog

Duas amigas de longa data e algumas das histórias que têm para contar. No fundo duas raparigas com uma grande capacidade para dizer parvoíces..

Someone II

Ahh, Someone...ai Nocas, havia alturas que até me sentia mal,afinal fui eu que cheguei ao contacto com tal personagem...nunca imaginaríamos quando naquele dia de setembro lá chegámos e o pãozinho, lembras-te Nocas, lembras?! O pãozinho estava num pires....no parapeito da varanda. De repente...sabem aquela risada malévola que aparece nos filmes de terror antes de o idiota grupo de amigos ir para dentro do pântano assobrado? Pois foi assim que mais tarde eu e a Nocas percebemos quefora o que sentimos quando vimos o fatídico pãozinho...

 

Uma coisa que eu sempre admirei em Someone era a sua completa e infindável sobrecarga de auto-estima. Como eu não tenho assim muita, achava maravilhosamente interessante que Alguém - a tradução para "someone" lol - achasse que o mundo, ou melhor, o bairro onde vive, girasse à volta dela.

(Todas as pessoas da zona tinham papéis fundamentais na novela que era a vida de Someone. E ela, qual amazona ousada, desafiava tudo e fazia o que queria.)

Bom, Someone tem muita auto-estima porque só alguém assim poderia achar que fazia o maior favor do mundo à filha ao trazer batatas de casa dela e ao deixar que ela pagasse as lentes novas depois de passar um dia inteiro com ela.! Um psiquiatra -> o maior sonho no campo da medicina para Someone - adorá-la-ia!

E o pobre e fraco genro? Ah essa fica para a Nocas contar....

 

Necas

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.