Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Duas Amigas, Um Blog

Duas amigas de longa data e algumas das histórias que têm para contar. No fundo duas raparigas com uma grande capacidade para dizer parvoíces..

Duas Amigas, Um Blog

Duas amigas de longa data e algumas das histórias que têm para contar. No fundo duas raparigas com uma grande capacidade para dizer parvoíces..

Allez Bolinhas Allez!

É suposto os homens perceberem mais de carros do que nós as mulheres. É um estériotipo que não contesto, assumo que não sou um génio dos motores mas será que eles  percebem tanto como dizem?

Os meus colegas homens defendem a superioridade das marcas de carros alemãs (estamos a falar de utilitários), dizem eles que têm motores melhores e que dão menos problemas. No sector feminino defendemos os carros franceses porque são mais bonitos.Não vou entrar em teimas sobre motores com pessoas que sabem o que é um carborador,  pelo que os deixo dizer que os carros alemães são melhores (agora que penso nisto até me parece uma ideia um bocado nacional socialista...a superioridade da raça ariana...huuu)...mas ofender o meu bolinhas francês  é ir longe de mais...

Acontece que hoje tive que ir para um local onde era complicado chegar de carro (acontece muita vez no meu trabalho), fui para lá por o caminho que me disseram ser o melhor mas para voltar pensei em ir por o caminho que costumo fazer e que é bem mais perto .Como está tudo cheio de lama e água resolvi ligar a um colega para saber se conseguia passar e eis que surge esta pérola ;" É pá! É melhor ires dar a volta...há muita lama no caminho, é muito complicado. Eu passei lá esta manhã mas tu não sei se consegues!"...Quer dizer que sua excelência e o seu carrinho alemão conseguem e o meu bolinhas não consegue?! Aquele carro alemão que é tão bom mas que é mais novo que o meu e já foi muito mais vezes á oficina? E que já ficou atulado umas quantas vezes no trabalho enquanto o meu reles carro francês ainda não suportou essa humilhação? Claro que não é precisso dizer que nem pensei duas vezes e fui pelo caminho da lama, era uma questão de honra para o meu querido carro! O caminho era efectivamente complicado, mas sinceramente já passei por sitios bem piores e não foi ali que tive grandes dificuldades, nem sequer foi precisso grande pericia, qualquer carro passava ali em 1ª.

Á tarde sua excelência perguntou; " Então conseguiste passar ou tiveste que dar a volta por outro lado?" ao que eu respondi no meu melhor tom de indiferença " Claro!, Se o teu carro passa não vejo porque é que o meu não havia de passar" e é então que ele se sai com a calúnia das calúnias; "Eu sei! Passar ali não tem que ver com o carro mas sim com as mãos do condutor!"...o filho da mãe não se topa mesmo pois não? Fiquei a ferver por dentro...afinal ele não tinha subvalorizado o bolinhas mas a mim! Mantive o meu tom indiferente, encolhi os ombros e disse com a maior das calmas " Bom, então parece que as minhas mãos são tão boas quanto as tuas!"  finalmente ele ai topou-se e e disse " Claro, ninguem disse o contrário!"...foi a sorte dele porque se tivesse feito mais algum comentário infeliz eu tinha-me levantado no meio do café e tinha gritado "Oh filho da puta pelo menos eu tenho inteligência suficiente para parar antes de me meter em lamaçais dos quais não consigo sair enquanto a ti já te tiveram que ir buscar umas quantas vezes!"

Eu não sei se os motores alemães são ou não melhores, só sei que o meu carro apesar de mais velho me tem dado muito menos problemas que o fantástico carro alemão dele.

É por estas e por outras que ainda não comprei carro novo, já não se fazem carros como antigamente...e eu adoro o meu carro velho...fico tão orgulhosa quando ele passa em sítios complicados, acho que é assim que se sente uma mãe quando o filho faz um brilharete na escola! É claro que já tem tido hospitalizações mas coitado já é muito velho! A única vez que me deixou no caminho e que teve uma avaria grave foi porque eu achei que não era importante trocar a correia de distribuição que me tinham dito para trocar...a culpa foi minha! Como é que eu posso mandar abater o meu bébé ?! Só de pensar nisso dá-me vontade de chorar.

Em suma esta história veio reavivar, mais uma vez, o amor e o orgulho que tenho no meu carro e veio provar, mais uma vez, que alguns homens são mesmo parvos e que não percebem assim tanto de carros nem de condutoras...mas também eu já devia estar preparada...a pessoa que acredita piamente que os carros alemães são melhores que os franceses também acredita com todas as forças que o Sporting é melhor que o Benfica lololololol...coitado não tem mesmo noção...

 

Nocas

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.