Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Duas Amigas, Um Blog

Duas amigas de longa data e algumas das histórias que têm para contar. No fundo duas raparigas com uma grande capacidade para dizer parvoíces..

Duas Amigas, Um Blog

Duas amigas de longa data e algumas das histórias que têm para contar. No fundo duas raparigas com uma grande capacidade para dizer parvoíces..

Música da semana!

Gosto desta música...é leve, descontraida, romântica e o clip támbém é lindo.

Estava a ouvir a letra com mais atenção quando reparo numa coisa; A letra de "Magnificent" não vos faz lembrar vagamente a letra do "Quando eu era pequenino" dos Quinta do Bill? É que a mim faz...pode até ser impressão minha mas acho que os U2 certamente se inspiraram no "Quando eu era pequenino", se calhar os Quinta do Bill até são uma das referências dos U2...hum imaginem se eles se lembram de fazer uma música inspirada na "Filhos do Dragão" ? Ahhh medo muito medo!

 

Nocas

lost

Passei a tarde na piscina, na companhia de pessoas que adoro e que toda a minha vida estiveram presentes. Foi giro, foi divertido mas quando entrei no carro para me vir embora senti um enorme peso no peito, um sentimento de tristeza ou talvez antes de vazio.

Cheguei a casa e resolvi caminhar um pouco, caminhar acalma-me, clarifica os meus pensamentos. Andei um pouco, sem rumo, sem pensar sequer para onde ia. Quando dei por mim estava num sítio familiar, um lugar que desde pequena me fascina, e onde o pôr do Sol é maravilhoso.

Lembrei-me de quando brincava por ali com os meus primos, há já muitos anos (talvez séculos...) num tempo em que tudo era fácil e mágico. Lembrei-me de quando era uma adolescente e ia ali sentar-me sozinha, ver o pôr do Sol e sonhar com o futuro.

No fundo sempre senti uma ligação muito forte com aquele local específico, talvez mais do que com qualquer outro, não sei explicar porquê, talvez por ali ter brincado tanto e ter sido tão feliz. É quase como se aquele sítio fosse meu, ou eu dele. Foi sempre o meu refúgio quando precisava de pensar, quando me sentia triste ou quando queria, simplesmente, estar sozinha.

Hoje por acaso, ou talvez não, cheguei a horas do pôr do Sol, sentei-me mais uma vez a olhar o horizonte e deixei  aquela paz familiar entrar em mim.

Apercebi-me que já nem sequer me lembrava de há quanto tempo não ia ali, talvez há já alguns anos....estranho...afinal gosto tanto de ali estar e é tão perto de casa. Olhei as minhas mãos e apercebi-me que por muito que me custe já não eram as mãos da menina feliz que corria naquele lugar, já não eram sequer as mãos da adolescente que se sentava naquela mesma terra e sonhava com o futuro.

As mãos para as quais olhava eram as mãos de uma mulher, uma mulher jovem mas ainda assim uma mulher feita. O futuro chegou e eu nem dei por ele. Agora sou demasiado adulta para acreditar em magia, demasiado sensata para acreditar que tudo é possível mas demasiado jovem para desistir de ser feliz para sempre. Sinto-me perdida! Será que já é demasiado tarde para realizar os sonhos que ainda me faltam? Será que é possível? Não sei, e é essa incerteza que me magoa.

 Ao sentimento de paz sucedeu uma angústia. A tristeza e a solidão voltaram a tomar conta de mim. Foi nessa altura que baixei a cabeça e chorei. Era assim que estava quando algo macio acariciou a minha mão. Era o meu gato. Não dei por ele me ter seguido e nem tão pouco é um gato meloso e dado a gestos muito carinhosos. Mas ali estava ele, com a cabeça encostada a mim como que para me reconfortar, como se tivesse percebido que eu estava triste e quisesse mostrar-me que não estava sozinha. E sim! Senti-me melhor, ás vezes o conforto vem de onde menos se espera...

 

Nocas

 

 

Quatro meses depois...

Faz hoje 4 meses que todas as minhas defesas cairam por terra, que me deixei levar por ti e esqueci o que era correcto. Quatro meses felizes como  eu nunca tinha tido com nenhum outro.

E o que é que julgo ter aprendido nestes poucos meses que passei contigo? Que é mentira quando dizem que os príncipes encantados não existem! Decobri que existem...só nem todos são altos, loiros e têm um cavalo branco. Ás vezes são baixos, morenos e têm carros com 10 anos mas existir existem e eu acho que encontrei o meu =)

 

Nocas

Parabéns a nós!

Olha! Então não é que o nosso bloguinho fez ontem 1 ano?

Parece que foi ontem que nos lembrá-mos de criar um blog e no entanto já lá vão 12 meses e 1 dia....fantástico!

E tanta coisa que já aconteceu na minha vida desde essa altura para cá, tanta coisa, tanta mesmo. Este cantinho tem servido tanta vez para desabafar...só por isso já valeu a pena!

Parabéns a nós!

 

Nocas

Robin quê? =D

A minha mãe adora críticar a minha roupa. Nunca me diz que não estou bem mas ataca sempre com  um "Sim essa roupa está boa! (torcer de nariz) mas se vestisses o vestido X e as sandálias Y não estavas melhor? É que sabes isso n te fica lá muito bem sabes?". E pronto lá fico eu a sentir-me um pequeno ogre e lá vou escolher outra roupa ainda mais deprimente.

Hoje não tinha intenção de sair de casa portanto fui ao armário e tirei o que veio á mão; umas leggins pretas e uma túnica vermelha larga com um cordão a apertar na cintura. Se estava fashion? Não de facto não estava mas estava confortável!

Andei com a fatiota o dia todo até que chega a minha mãe e me pergunta como quem não quer a coisa "ontem quando saiste tinhas essa roupa?" "Não mãe! levei umas calças de ganga e a camisa verde" e quase a ouvi suspirar de alívio...topei logo que ela não estava a apreciar a minha indumentária mas não liguei.

A páginas tantas ela precisa que vá com ela a um sítio e eu agarro nas chaves e na carteira e começo a dirigir-me para a carrinha, ela vai atrás de mim e é então que surge esta pérola; "Vais assim vestida? É que desculpa que te diga mas essa roupa é terrivel. Com essas collants e essa túnica pareces mesmo o ROBIN HOLLYWOOD!"

 

Nocas

Música da semana

Cá está um B-side fresco do The Resistance dos meus queridos Muse.

 Há quem diga que esta letra foi escrita a pensar na Gaia, a ex namorada italiana do Matt...faz sentido realmente! É uma letra triste mas tão bonita...=) Quem não deve ter a mesma opinião que eu é a namorada nova lol...eu pelo menos era gaja para ficar com um bocado de dor de corno se o meu namorado fosse escrever uma coisa destas á ex....

 

Nocas

Já que é para sonhar...

 

Estar aqui, com uma montanha de livros, o meu telemóvel, um mp3 com uma grande memória, ligação à net e tv cabo...

Só eu e estas coisinhas e voilá, a existência perfeita.

 

Necas

Longe...

Está um dia cinzento a fazer lembrar que o Verão já não vai ficar muito mais.  Tenho no peito aquela sensação de culpa porque tenho montes de fichas, desenhos e um relatório para fazer mas fico mal disposta só de olhar para a capa preta onde guardo os apontamentos e os documentos da obra.

O meu namorado está a centenas de kms de distância e a vontade que me dá é agarrar no carro e conduzir que nem uma louca até ele. Dar-lhe um abraço apertado com todas as minhas forças, sentir o calor da sua presença e beijá-lo uma vez, e outra, e outra e ficar assim até ao fim dos tempos ou até que o meu corpo se transforme em pó e o vento me arraste para longe dele e me faça voar bem alto sobre as serras, sobres os rios, sobre as aldeias e cidades, de volta ás planicies alentejanas a que pertenço.

Infelizmente a vida não é como nos filmes, não vou conduzir até ele nem vamos ficar abraçados até ao fim dos tempos.

Vou ficar aqui, no silêncio do meu quarto entregue a uns romances lamechas que andava desejosa para ler e que o carteiro me trouxe ainda há pouco. Vou ficar aqui á espera que ele me ligue e me diga que tem saudades minhas, que me ama e que não quer ficar sem mim...entretanto vou ler porque preciso desesperadamente de continuar a acreditar em finais felizes.

 

Nocas

Assim não aguento.....

Necas?! Futebol é um assunto tábu na minha vida desde há uns dias para cá! Tinhas mesmo que publicar um texto sobre o SLB? Não podia ter sido um dos teus textos engraçados que me fazem rir em vez de um texto que me dá vontate de chorar? É que eu até já deixei de ver jornais para evitar ouvir falar nestes assuntos....

Já parece o Sporting! Assim ainda perco a minha fé em Jesus!

Ontem á tarde cheguei a casa muito abatida depois de me ter separado do meu menino, a minha mãe estava a trabalhar e o meu pai foi jantar fora de maneiras que não me apeteceu ficar a chorar as minhas mágoas em casa, palpitei que ficar a ver o meu Benfica a jogar era capaz de ainda me deixar mais em baixo. 

Resolvi ligar a uma amiga para tomar um café. Estava tudo a correr tão bem quando a página tantas o namorado dela foi ter connosco a uma esplanada, foi quando eu me lembrei  de lhe perguntar pelo jogo do Benfica "ah perdeu 2-1" pensei que estava a brincar, só podia estar a brincar...ainda me estava a refazer desta tragédia quando a minha amiga esbugalha os olhos na direcção do portão da esplanada (para o qual eu estava de costas) e quase grita " aquela não é a ex do teu namorado?" Juro que quase tive um AVC ali mesmo. Não sei o que é pior...se o Benfica perder se encontrar aquela moça enquanto ela ainda está de sangue quente...as duas coisas juntas então era mau demais. Felizmente a minha amiga enganou-se, era outra rapariga com a qual ela a confunde. Mesmo assim não ganhei para o susto...ontem iam acabando comigo!

 

Nocas

Pág. 1/4